É uma técnica simples. Mediante a retirada de sangue da veia E SUA IMEDIATA APLICAÇÃO NO MÚSCULO, AUMENTA EM QUATRO VEZES O NÚMERO DE MACRÓFAGOS NO ORGANISMO. São os macrófagos QUE FAZEM A LIMPEZA DE TUDO, eliminando bactérias, vírus e câncer.
28
Mar 13
publicado por auto-hemoterapia, às 20:59link do post | comentar |  O que é?
Quinta-feira, 28 de março de 2013 - 17:55:53 177.41.233.219 Livro
publicado há 100 anos é marco na produção científica em
auto-hemoterapia Há cem anos, a publicação de um livro motivou a
produção de incontáveis resultados de pesquisas científicas sobre
auto-hemoterapia, a técnica que cura ao aumentar a imunidade em quatro
vezes. O livro foi "Essai sur l'auto-hemotherapie dans quelques
dermatoses", publicado em "Annales de Dermatologie et Syphilographie".
4:292-6, May 1913", de M. Paul Ravaut. A auto-hemoterapia foi aplicada
pela primeira vez em 1898. Até 1913, foram publicados 44 títulos
segundo resgate da produção feita por por by S. Hale Shakman em
Autohemotherapy Reference Manual Definitive Guide and Historical Review
From Bloodletting to Stemcells - A technical report , uma das
principais referências sobre a história da auto-hemoterapia em inglês.
Shakman, PhD, é diretor executivo do Instituto de Ciências de Santa
Mônica, Califórnia, USA. Veja em
http://instituteofscience.com/books.html Este autor registra enorme
produção científica feita a partir de 1913. A técnica é lastreada em
milhares de livros, sobre ou que a ela se referem, em vários idiomas.
Entre estes, apenas para citar mais um: Praxis der Eigenbluttherapie?,
Harald Krebs - 2007 - 166 páginas no endereço
http://books.google.com.br/books?id=v9VCpONbKswC&printsec=frontcover&dq=
eigenbluttherapie&am ... Esta produção cientifica torna incontestável
sua eficácia. O custo da aplicação é o de uma seringa de aplicar
injeção por semana. Embora de eficácia comprovada e vasto emprego por
décadas, graças à campanha orquestrada pelos laboratórios farmacêuticos
transnacionais, a técnica caiu no esquecimento dos profissionais de
saúde com a descoberta dos antibióticos e outros remédios. Ainda assim,
é usada no mundo inteiro, mas por pequenos grupos. Governo brasileiro
dá golpe na população No Brasil, o dr. Luiz Moura, 86 anos, médico
formado em 1947, deu magistral entrevista sobre o tema em 2004, o que
permitiu seu uso intensivo, em centenas de doenças, por milhões de
brasileiros. Mas são aplicações clandestinas. Forças perversas levaram
o Governo Federal, através da Agência Nacional de Vigilância Sanitária
(Anvisa) a proibir, em 2007, o uso da técnica com a mentira de que a
auto-hemoterapia não é lastreada cientificamente. A decisão da Anvisa
fere a própria Constituição Federal. A Agência recebeu aval absurdo,
imoral, do Conselho Federal de Medicina (CFM), órgão responsável pela
avaliação dos procedimentos médicos à luz da "ética" no país. Em artigo
em que resume o que é a auto-hemoterapia, o dr. Luiz Moura afirma: "É
um recurso terapêutico de baixo custo, simples que se resume em retirar
sangue de uma veia e aplicar no músculo, estimulando assim o Sistema
Retículo-Endotelial, quadruplicando os macrófagos em todo organismo.
SUMÁRIO A técnica é simples: retira-se o sangue de uma veia - comumente
da prega do cotovelo - e aplica-se no músculo, braço ou nádega, sem
nada acrescentar ao sangue. O volume retirado varia de 5ml a 20ml,
dependendo da gravidade da doença a ser tratada. O sangue, tecido
orgânico, em contato com o músculo, tecido extra-vascular, desencadeia
uma reação de rejeição do mesmo, estimulando assim o S.R.E. A medula
óssea produz mais monócitos que vão colonizar os tecidos orgânicos e
recebem então a denominação de macrófagos. Antes da aplicação do
sangue, em média, a contagem dos macrófagos gira em torno de 5%. Após a
aplicação a taxa sobe e, ao fim de 8h, chega a 22%. Durante 5 dias
permanece entre 20 e 22%, para voltar aos 5% ao fim de 7 dias a partir
a aplicação da auto-hemoterapia. A volta aos 5% ocorre quando não há
sangue no músculo. As doenças infecciosas, alérgicas, auto-imunes, os
corpos estranhos como os cistos ovarianos, miomas, as obstruções de
vasos sangüíneos são combatidas pelos macrófagos, que, quadruplicados,
conseguem assim vencer estes estados patológicos ou, pelo menos,
abrandá-los. No caso particular das doenças auto-imunes, a autoagressão
decorrente da perversão do Sistema Imunológico é desviada para o sangue
aplicado no músculo, melhorando assim o paciente. ... Artigo completo
emhttp://www.rnsites.com.br/aht_luiz_moura.pdf Ubervalter Coimbra 62
anos - Vitória - ES Publicado em
http://hemoterapia.org/informacoes_e_debate/ver_opiniao/livro-publicado-
ha-100-anos-e-marco-na-producao-cientifica.asp

publicado por auto-hemoterapia, às 20:59link do post | comentar |  O que é?
Quinta-feira, 28 de março de 2013 - 17:55:53 177.41.233.219 Livro
publicado há 100 anos é marco na produção científica em
auto-hemoterapia Há cem anos, a publicação de um livro motivou a
produção de incontáveis resultados de pesquisas científicas sobre
auto-hemoterapia, a técnica que cura ao aumentar a imunidade em quatro
vezes. O livro foi "Essai sur l'auto-hemotherapie dans quelques
dermatoses", publicado em "Annales de Dermatologie et Syphilographie".
4:292-6, May 1913", de M. Paul Ravaut. A auto-hemoterapia foi aplicada
pela primeira vez em 1898. Até 1913, foram publicados 44 títulos
segundo resgate da produção feita por por by S. Hale Shakman em
Autohemotherapy Reference Manual Definitive Guide and Historical Review
From Bloodletting to Stemcells - A technical report , uma das
principais referências sobre a história da auto-hemoterapia em inglês.
Shakman, PhD, é diretor executivo do Instituto de Ciências de Santa
Mônica, Califórnia, USA. Veja em
http://instituteofscience.com/books.html Este autor registra enorme
produção científica feita a partir de 1913. A técnica é lastreada em
milhares de livros, sobre ou que a ela se referem, em vários idiomas.
Entre estes, apenas para citar mais um: Praxis der Eigenbluttherapie?,
Harald Krebs - 2007 - 166 páginas no endereço
http://books.google.com.br/books?id=v9VCpONbKswC&printsec=frontcover&dq=
eigenbluttherapie&am ... Esta produção cientifica torna incontestável
sua eficácia. O custo da aplicação é o de uma seringa de aplicar
injeção por semana. Embora de eficácia comprovada e vasto emprego por
décadas, graças à campanha orquestrada pelos laboratórios farmacêuticos
transnacionais, a técnica caiu no esquecimento dos profissionais de
saúde com a descoberta dos antibióticos e outros remédios. Ainda assim,
é usada no mundo inteiro, mas por pequenos grupos. Governo brasileiro
dá golpe na população No Brasil, o dr. Luiz Moura, 86 anos, médico
formado em 1947, deu magistral entrevista sobre o tema em 2004, o que
permitiu seu uso intensivo, em centenas de doenças, por milhões de
brasileiros. Mas são aplicações clandestinas. Forças perversas levaram
o Governo Federal, através da Agência Nacional de Vigilância Sanitária
(Anvisa) a proibir, em 2007, o uso da técnica com a mentira de que a
auto-hemoterapia não é lastreada cientificamente. A decisão da Anvisa
fere a própria Constituição Federal. A Agência recebeu aval absurdo,
imoral, do Conselho Federal de Medicina (CFM), órgão responsável pela
avaliação dos procedimentos médicos à luz da "ética" no país. Em artigo
em que resume o que é a auto-hemoterapia, o dr. Luiz Moura afirma: "É
um recurso terapêutico de baixo custo, simples que se resume em retirar
sangue de uma veia e aplicar no músculo, estimulando assim o Sistema
Retículo-Endotelial, quadruplicando os macrófagos em todo organismo.
SUMÁRIO A técnica é simples: retira-se o sangue de uma veia - comumente
da prega do cotovelo - e aplica-se no músculo, braço ou nádega, sem
nada acrescentar ao sangue. O volume retirado varia de 5ml a 20ml,
dependendo da gravidade da doença a ser tratada. O sangue, tecido
orgânico, em contato com o músculo, tecido extra-vascular, desencadeia
uma reação de rejeição do mesmo, estimulando assim o S.R.E. A medula
óssea produz mais monócitos que vão colonizar os tecidos orgânicos e
recebem então a denominação de macrófagos. Antes da aplicação do
sangue, em média, a contagem dos macrófagos gira em torno de 5%. Após a
aplicação a taxa sobe e, ao fim de 8h, chega a 22%. Durante 5 dias
permanece entre 20 e 22%, para voltar aos 5% ao fim de 7 dias a partir
a aplicação da auto-hemoterapia. A volta aos 5% ocorre quando não há
sangue no músculo. As doenças infecciosas, alérgicas, auto-imunes, os
corpos estranhos como os cistos ovarianos, miomas, as obstruções de
vasos sangüíneos são combatidas pelos macrófagos, que, quadruplicados,
conseguem assim vencer estes estados patológicos ou, pelo menos,
abrandá-los. No caso particular das doenças auto-imunes, a autoagressão
decorrente da perversão do Sistema Imunológico é desviada para o sangue
aplicado no músculo, melhorando assim o paciente. ... Artigo completo
emhttp://www.rnsites.com.br/aht_luiz_moura.pdf Ubervalter Coimbra 62
anos - Vitória - ES Publicado em
http://hemoterapia.org/informacoes_e_debate/ver_opiniao/livro-publicado-
ha-100-anos-e-marco-na-producao-cientifica.asp

27
Mar 13
publicado por auto-hemoterapia, às 14:21link do post | comentar |  O que é?
1 usuários online. 28743 usuários já visitaram este relatório. Contagem
iniciada em 5 de novembro de 2008. Resultado da primeira pesquisa
virtual de Orientações Médicas sobre Auto-hemoterapia Para participar
da pesquisa clique aqui Início em 9/12/2007 1099 participantes Atenção.
Clicando sobre o sinal de +, e depois em Vantagens obtidas ou em
Descrições de experiências, você poderá ver o depoimento de quem já
usou a Auto-hemoterapia para a enfermidade correspondente. a-z z-a
crescente decrescente Prevenção em geral + 5,60% Alergias + 5,48% Gripe
+ 3,76% Dores articulares + 3,49% Dor na coluna + 3,24% Colesterol +
3,01% Hipertensão arterial + 2,91% Rinite + 2,82% Sinusite + 2,57%
Estresse + 2,40% Depressão + 2,19% Artrose + 1,94% Enxaqueca + 1,92%
Acne adulta + 1,88% Varizes + 1,82% Artrite + 1,76% Herpes + 1,71%
Inflamação + 1,57% Dor de cabeça crônica + 1,51% Menstruação, cólicas e
controle da TPM + 1,40% Câncer + 1,34% Artrite reumatóide + 1,32%
Bursite + 1,28% Diabetes mellitus + 1,28% Infecção + 1,23% Doenças
virais + 1,13% Coração (problemas cardíacos) + 1,11% LER - Lesão por
esforço repetitivo. + 1,07% Tendinite + 1,05% Micose + 0,94% Miomas +
0,94% Psoríase + 0,94% Acne juvenil + 0,92% Asma + 0,92% Dor na(s)
perna(s) + 0,92% Verrugas + 0,88% Amigdalite + 0,86% Bronquite + 0,79%
Reumatismo + 0,79% Dermatose alérgica + 0,77% Hérnia de disco + 0,77%
Pressão arterial + 0,75% Fibromialgia + 0,73% Refluxo gastroesofágico +
0,73% Afta + 0,71% Hipotireoidismo + 0,71% Osteoporose + 0,71% Ovário
policistico + 0,71% Cálculos renais (pedra no rim) + 0,69% Cistos de
ovário + 0,63% Gastrite + 0,63% Bronquite asmática + 0,59%
Pós-operatório + 0,56% Ácido Úrico / Gota Úrica + 0,54% Azia + 0,54%
Hepatite + 0,52% Prevenção de infecções cirúrgicas + 0,52% Úlcera de
estômago + 0,52% Pré-operatório + 0,48% Anemia + 0,46% Insuficiência
vascular periférica + 0,46% Ciatalgia (dor no nervo ciático) + 0,44%
Labirintose + 0,44% Doença hemorroidária + 0,40% Trombose + 0,38%
Alopecia (queda de cabelo) + 0,36% Cisto cebáceo + 0,36% Esporão +
0,36% Lupus + 0,36% Esofagite + 0,33% Recuperação da capacidade visual
+ 0,33% Tabagismo + 0,33% Zumbido (ouvido) + 0,33% Catarro na região
das amigdalas + 0,29% Doença pulmonar obstrutiva crônica + 0,29%
Furúnculo + 0,29% Transtorno de ansiedade + 0,29% Endometriose + 0,27%
Mal estar digestivo + 0,27% Alcoolismo + 0,25% Glaucoma + 0,25%
Hipertrofia benigna de próstata + 0,25% Colite + 0,23% Nódulo na
tireóide, carne no olho. + 0,23% Distrofia muscular progressiva + 0,21%
Doenças pancreáticas + 0,21% Síndrome do túnel do carpo + 0,21%
Vasculite + 0,21% Vitiligo + 0,21% Distúrbio do Ácido Úrico + 0,19% HPV
(infecção por vírus do papiloma humano) + 0,19% Plaquetopenias + 0,19%
Pressão baixa + 0,19% AIDS (SIDA) + 0,17% Alzheimer + 0,17% Arritmia
(palpitação) + 0,17% Doença de Crohn + 0,17% Efeitos colaterais de
anticoncepcionais + 0,15% Encefalite + 0,15% Esclerose múltipla + 0,15%
Hipotensão (pressão baixa) + 0,15% HIV (Vírus da Imunodeficiência
Humana) + 0,15% Pneumonia + 0,15% Colite ulcerativa + 0,13%
Esterilidade + 0,13% Hidrosadenite supurativa + 0,13% Insuficiência
renal crônica + 0,13% Linfangite estreptocócica (Erisipela) + 0,13%
Miastenia gravis + 0,13% Púrpura trombocitopênica + 0,13% Rosácea +
0,13% Doença mista do tecido conjuntivo + 0,10% Epilepsia + 0,10%
Esclerodermia + 0,10% Foliculite + 0,10% Insuficiência hepática + 0,10%
Paralisia facial + 0,10% Retinopatia diabética + 0,10% Úlcera varicosa
+ 0,10% Amebíase + 0,08% Gangrena + 0,08% Hipercolesterolemia + 0,08%
Acalasia idiopática + 0,06% Doenças mentais + 0,06% Fibrose pulmonar +
0,06% Fístula anal + 0,06% Ictiose + 0,06% Sífilis + 0,06% Adenoma
pleomórfico de glândula parótida + 0,04% Esclerose tuberosa (TSC) +
0,04% Microadenoma de hipófise + 0,04% Neurite + 0,04% Ruptura da
coroide - cicatriz defronte a retina + 0,04% Síndrome de ménière +
0,04% Uveíte + 0,04% Bartholinite + 0,02% Doença de Whipple + 0,02%
Macroadenoma Hipofisário + 0,02% Síndrome antifosfolípide (SAF) + 0,02%
Síndrome de West + 0,02% Transplante renal + 0,02% ORIENTAÇÕES MÉDICAS
(2000 - 2010) webmaster@orientacoesmedicas.com.br

26
Mar 13
publicado por auto-hemoterapia, às 18:05link do post | comentar |  O que é?
Para mim foi muito positivo, pois não tenho grandes problemas de saude,
porém o grande milagre aconteceu com meu irmão diabetico tipo 1, estava
quase cego, impotente e com ulceras nas pernas, com a auto hemoterapia
hoje ele tem uma vida normal e esta muito feliz, minha mãe tinha um
sério problema de circulação, suas mãos estavam completamente roxas e
tinha muita dificuldade de segurar objetos, ela vivia sendo internada
com problemas pulmonares, bronquites, dores generalizadas, já faz mais
de quatro anos que minha mãe foi internada pela ultima vez, suas mãos
estão completamente curadas, hoje ela sobe ladeiras dando risada, coisa
impossivel antes, ela faz semanalmente e diz que a auto hemoterapia
salvou a sua vida. Ela tem 76 anos e faz todas as atividades da casa,
não se queixa mais de nada. Vera Lucia de Athaides Ribeiro Depoimento
transcrito de
http://www.orientacoesmedicas.com.br/resultado_da_pesquisa_virtual_sobre
_auto-hemoterapia.asp ítem descrição de experiências

25
Mar 13
publicado por auto-hemoterapia, às 20:57link do post | comentar |  O que é?
sábado, 23 de março de 2013 - 09:54:16 189.114.37.83 Enfermidades
selecionadas Trombose Passeipor uma trombose venosa profunda. Após
tratamento com anticoagulante eu descobri a Auto hemoterapia. Não sabia
que poderia ajudar nessa questão da trombose. Comecei a tomar por
prevenção. ao voltar no angiologista, ele surpreendeu, pois não havia
mais resíduos da trombose. havia sido recanalizada.Claro que as
sequelas da trombose eu convivo com elas. Mas ela tem um alcance que
acho que nem imaginamos ainda. mary ruth 56 anos - goiania/goiás
Publicado em http://hemoterapia.org/depoimentos/trombose.asp

22
Mar 13
publicado por auto-hemoterapia, às 19:21link do post | comentar |  O que é?
Um total de 1098 pessoas já responderam à "Primeira pesquisa virtual de
Orientações Médicas sobre Auto-hemoterapia". A participação é possível
em
http://www.orientacoesmedicas.com.br/pesquisa_virtual_sobre_auto-hemoter
apia.htm A pesquisa começou em nove de dezembro de 2007, mas a contagem
de visitantes, totalizando "28.681 usuários", começou em 5 de novembro
de 2008. As informações sobre o "Resultado da primeira pesquisa virtual
de Orientações Médicas sobre Auto-hemoterapia" indicam que praticamente
todos os participantes foram curados das doenças que enfrentavam com a
técnica. Os participantes, por país, confirmam representantes de
Angola, Portugal e Brasil. Os percentuais são os seguintes: Brasil
97,18% Portugal 1,00% Estados Unidos 0,36% Itália 0,27% Angola 0,18%
Bélgica 0,18% Suíça 0,18% Austrália 0,09% Bulgária 0,09% Colômbia 0,09%
Japão 0,09% Noruega 0,09% Paraguai 0,09% Reino Unido 0,09% Copiado de
http://www.orientacoesmedicas.com.br/resultado_da_pesquisa_virtual_sobre
_auto-hemoterapia.asp pesquisando sobre "país" de onde foi originada a
participação.

21
Mar 13
publicado por auto-hemoterapia, às 18:46link do post | comentar |  O que é?
... Posso afirmar com toda segurança que obtenho resultados positivos.
Sofria com enxaqueca , que me lembro, havia trinta anos; ainda tive
depois que comecei a auto-hemoterapia algumas vezes, nos três primeiros
meses. Hoje, seguramente, não tenho mais. E, outro resultado positivo é
com relação à alergia. Sou alérgica a uma série de coisas, só vivia com
rinite e de cara inchada... Hoje, já manuseio até objetos com 'mofo',
sem espirrar e entrar em crise. Para mim, é mais que positiva e
comprovada a auto-hemoterapia. Maria das Graças Souza Bezerra de
Medeiros... ...Em 2007 tive indicação de cirurgia na coluna (artrodese)
fiquei nove meses em tratamento, com movimentos limitados, dores eram
insuportáveis, medicamentos e seus efeitos colaterais, que causaram
problemas de estomago entre outros. O colesterol ficou sob controle,
mas tenho que manter medicamento. Marinês Paz Pereira Já na primeira
aplicação, no dia seguinte, desde os primeiros minutos ao acordar até a
hora de dormir nunca foi tão intenso e prezeiroso viver, está sendo
ótimo; muito ânimo, sem dores nos ombros, afetados pelos movimentos
repetitivos, e ainda espero que a micose dos pés desapareçam e o quisto
sebáceo que tenho no queixo também. E acima de tudo, estou fazendo para
prevenção, eu e minha esposa, começamos juntos e não pretendemos parar,
pois a idade começa a pesar; temos eu e ela 57 e 59 anos de idade,
respectivamente. Paulo Masato Sumitomo Faço uma aplicação toda quinta
-feira. Apliquei 5ml até a décima e agora aplico 10 ml. Ainda não
fiquei livre das dores nas articulações e coluna, mas sinto bem melhor
que antes e já obtive melhora plausíveis em outros campos. gostaria que
vc fizesse um acompanhamento periódico, tipo orientando fazer alguns
exames para comprovar essa melhora. Caso vc conheça a vacina
anti-brucélica desenvolvida pelo Dr. Genésio Pacheco e queira fazer o
acompanhamento dos resultados dessa vacina seria interessante, pois ele
já esta bem velhinho e o sonho dele é provar que a vacina funciona, e
patentiar. Olha que eu estava cansada de fazer exames e nada de
melhora. Shirley consolação Justino ... Em
http://www.orientacoesmedicas.com.br/resultado_da_pesquisa_virtual_sobre
_auto-hemoterapia.asp Buscar pelo nome da doença - Enxaqueca ? 1,93%
Vantagens obtidas (de usuários que selecionaram este item) página 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10

13
Mar 13
publicado por auto-hemoterapia, às 12:53link do post | comentar |  O que é?
Publicado por SALOME em 22 fevereiro 2013 em CURAS Apliquei a AHT com
grande sucesso em duas pessoas sendo que uma delas, usava cadeira de
rodas pela impossibilidade de se locomover, ambas andam normalmente e a
senhora da cadeira de rodas, não precisando mais dela, a ofereceu a uma
instituição de caridade. Uma terceira pessoa, a quem comecei a aplicar
em Novembro, não sentia melhoras em sua ulcera duodenal, e estava mesmo
decidida a submeter - se a uma intervenção cirurgica ja aconselhada
pelo médico. eu havia prometido que a ulcera seria reduzida, e nada de
melhoras na paciente, então lhe aconselhei a que parasse de fumar,
baseada praticamente na intuição. O milagre aconteceu, a ulcera esta a
curar-se a passos de gigante surpreendendo o médico que afirma que "uma
ulcera daquelas não desaparece assim", segundo suas palavras.
Infelizmente não posso usar os nomes das pessoas por se tratarem de
pessoas publicas. Quanto a mim, por falta de coragem não consigo
ingetar-me, e aqui em Paris ninguem o faz Posso afirmar: TABACO E AHT
são incompativeis, o tabaco impede os beneficios da AHT Transcrito de
http://amigosdacura.ning.com/forum/topics/tabaco-e-auto-hemoterapia-s-o-
incompativeis-na-cura-de-doencas

11
Mar 13
publicado por auto-hemoterapia, às 16:41link do post | comentar |  O que é?
Sábado, 9 de março de 2013 - 18:53:50 177.158.41.95 PRESIDENTE DO
SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL FAZ AUTO-HEMOTERAPIA O presidente do Supremo
Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, fez auto-hemoterapia
no final do ano passado. Desde que fez aplicação da Auto-hemoterapia
Plasma Rico em Plaquetas (PRP), derivada da auto-hemoterapia clássica,
chamada simplesmente auto-hemoterapia, não mais se queixa de dores em
público. Na hipótese de ter optado em realizar a auto-hemoterapia
clássica, o tratamento lhe custaria apenas uma seringa de aplicar
injeção por semana. Mas o presidente do Supremo Tribunal Federal
estaria impedido de realizá-la no Brasil, pois a técnica foi "proibida"
no país pela Anvisa, pela Nota Técnica nº 1 de 13 de abril de 2007, que
não é lei, mesmo contra a Constituição Federal. O PRP tem preço
elevado, e cada aplicação pode custar até R$ 5 mil. Para fazer suas
aplicações de Auto-hemoterapia Plasma Rico em Plaquetas, o ministro foi
para a Alemanha. "08/11/2012 Ministro Joaquim Barbosa apela para
tratamento PRP Atormentado por dores na coluna, o ministro Joaquim
Barbosa, relator do processo do Mensalão e futuro presidente do Supremo
Tribunal Federal (STF), está em tratamento "alternativo", em
Dusseldorf, na Alemanha, desde o dia 29 de outubro. É onde está sediado
o Centro de Medicina Integrada Boewing-Molsberger, especializado em
tratamento inovador de coluna, baseado em aplicações de plasma rico em
plaquetas (PRP). ...", veja em
http://jmonline.com.br/novo/?noticias,7,SAUDE,71333 Na Alemanha, a
auto-hemoterapia é praticada livremente. E as publicações cientificas
sobre a técnica, abundantes, como em "Praxis der Eigenbluttherapie,
Harald Krebs - 2007 - 166 páginas" Para proibir a auto-hemoterapia, o
Ministério da Saúde (MS)/Agência Nacional de Vigilância Sanitária
(Anvisa) produziu a " Nota Técnica nº 1 de 13 de abril de 2007", que
não é lei. Para tal medida a Anvisa feriu até a Constituição Federal.
Veja em "UMA PROIBIÇÃO ILEGAL (QUEM PROIBIU A AUTO-HEMOTERAPIA?)", de
Walter Medeiros, em
http://www.rnsites.com.br/auto-hemoterapia-legis.htm Milhões de
brasileiros, principalmente os mais pobres, são prejudicados - muitos
morrem sem receber o tratamento - pela arbitrariedade da proibição,
feita no Governo Lula, e estupidamente mantida no governo Dilma
Rousseff. Criticado em grande número de publicações na internet, a
Anvisa pediu socorro ao Conselho Federal de Medicina (CFM), que
produziu publicação sem nenhuma cientificidade e feriu a própria ética
medica sobre o tema. O CFM também os médicos de realizar a técnica, em
2007 (ver em
http://www.portalmedico.org.br/pareceres/cfm/2007/12_2007.htm ). Desde
1898, os médicos brasileiros estavam livres para realizar a
auto-hemoterapia, e a técnica referendada pela literatura médica (ver
"Complicações Pulmonares Pós-Operatórias Dr. Jésse Teixeira, publicado
em "Publicado originalmente na Revista Brasil-Cirúrgico, Orgão oficial
da Sociedade Médico-Cirúrgica do Hospital Geral da Santa Casa da
Misericórdia do Rio de Janeiro, Março de 1940 - Volume II - Número 3",
disponível em http://www.rnsites.com.br/artigo_jesse_teixeira.pdf Até
no parecer anti-ético e não científico do CFM sobre auto-hemoterapia, o
órgão reconhece que técnicas como TAMPÃO SANGÜÍNEO PERIDURAL(TSP) é
Auto-hemoterapia TSP, embora não a cite claramente. "O procedimento
denominado "tampão sangüíneo peridural" (TSP) consta da injeção de
sangue autólogo no espaço peridural para tratamento de cefaléia
refratária (p.ex. após tentativas feitas com a administração com
paracetamol, AINE, gabapentina, ou com a infusão intravenosa de
líquido, etc.), em conseqüência de anestesia raquidiana. ...". E que
"... AUTO-HEMOTERAPIA COM SANGUE TRATADO POR ALGUM AGENTE QUÍMICO OU
FÍSICO Outros procedimentos designados como auto-hemoterapia constam da
administração de sangue venoso submetido à ação de algum agente químico
ou físico (ozônio, radiaçãoultravioleta, etc.), por via intravenosa,
intramuscular ou subcutânea. Destes, o método mais usado, denominado em
língua inglesa de Ozonated autohemotherapy (O3-AHT) ou,
aproximadamente, auto-hemoterapia com ozônio, consta da administração
de sangue ozonizado por via intravenosa (AHT Major), por infiltração ou
por via intramuscular (AHT Minor), deacordo com Gracer e Bocci (2005).
Neste contexto, a auto-hemoterapia é utilizada para a administração de
ozônio, um 'fármaco' com pretensa ação terapêutica benéfica,
notadamentesobre doenças degenerativas crônicas, alguns transtornos
imunológicos (Di Paolo, Gaggiotti e Galli, 2005) e processos
infecciosos resistentes (Biedunkiewicz, Tylicki, Racho net al. 2004).
Na técnica de auto-hemoterapia (AHT) major com ozônio, 50 a 100 mL de
sangue são retirados do paciente, misturados a uma dose de
ozônio-oxigênio de concentração predeterminada eentão devolvido pelo
mesmo cateter intravenoso ao paciente. Na AHT Minor, 10 mL de sangue
venoso é administrado por via intramuscular, após ozonização. ...".
Bombardeado por todos, provado a estupidez de seu parecer que proibiu a
auto-hemoterapia, como se vê, entre outros, em "PARECER DO CONSELHO
FEDERAL DE MEDICINA (CFM) SOBRE AUTO-HEMOTERAPIA NÃO TEM CABEÇA,
CONCLUI MÉDICO APÓS AVALIAÇÃO CIENTÍFICA", ver em
http://www.hemoterapia.org/informacoes_e_debate/ver_opiniao/parecer-do-c
onselho-federal-de-medicina- o CFM foge à raia quando examina a
Auto-hemoterapia Plasma Rico em Plaquetas, não a chamando expressamente
de auto-hemoterapia, claro. Afirma apenas :" Diante do exposto, podemos
concluir que o referido produto ainda se encontra em fase experimental.
Nos últimos anos, a prática da medicina baseada em evidências vem se
desenvolvendo; estudos plenos de sabedoria e imparcialidade vêm
definindo o que é realmente bom, seguro e de aplicação aprovada. O PRP
ainda não foi avaliado desta forma, não havendo evidências científicas
de sua utilidade, tratando-se, portanto, de procedimento experimental.",
em PARECER CFM Nº 20/11
http://www.portalmedico.org.br/pareceres/CFM/2011/20_2011.htm É esta
Auto-hemoterapia PRP que o presidente do STF escolheu para se tratar.
Como é empregada atualmente, não está disponível para os brasileiros,
exceto para os que podem pagar elevado preço pelo serviço médico. E a
técnica clássica, que é a que o povo precisa, continua proibida no país
pelo Governo Federal pelo MS/Anvisa, apesar dos apelos popular por sua
liberação. Leia mais: Sobre Auto-hemoterapia PRP ver "Injeção de plasma
rico em plaquetas e seus benefícios; entenda essa nova técnica", por
Alex Botsaris em http://www2.uol.com.br/vyaestelar/plasma_plaquetas.htm
e, " 27 de abril de 2012 Estudo da USP atesta a eficácia do Plasma Rico
em Plaquetas (PRP) na cicatrização de lesão de joelho Criogênesis foi
responsável pela produção do PRP por AféreseUm artigo científico
publicado no último dia 02/04 no The American Journal of Sports
Medicine, dos EUA, pelo grupo do ortopedista Adriano Marques de
Almeida, do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo
(HC-USP), mostrou que o uso do PRP (plasma rico em plaquetas) durante
cirurgia para cura de lesão no tendão patelar (no joelho) favoreceu a
cicatrização do tecido lesionado. O uso do PRP teve efeito positivo
tanto na análise da ressonância magnética após seis meses, como na
redução da dor no período pós-operatório. Em
http://saudeweb.com.br/voce-informa/estudo-da-usp-atesta-a-eficacia-do-p
lasma-rico-em-plaquetas-prp- ... Ubervalter Coimbra 62 anos - Vitória -
ES Transcrito de
http://hemoterapia.org/informacoes_e_debate/ver_opiniao/presidente-do-su
premo-tribunal-federal-faz-auto-hemoterapia.asp

09
Mar 13
publicado por auto-hemoterapia, às 22:02link do post | comentar |  O que é?
"... Aqui estou para bater ponto, responder presente. Sei que vocês
querem saber como estou. _ Estou ótima! Feliz, contente e entusiasmada.
Não tenho motivos para tristezas! Minha vida é um vendaval de versos.
Tudo coopera para o bem. O que mais quero? O coração faz poesia e a
Auto-hemoterapia conserva-me sadia. Mas eu sou obediente! Aplico-a
regularmente de 6 em 6 dias (10ml). Preciso me cuidar. Já não sou uma
adolescente, embora essa fase nunca me saia da mente. É por isso que
sou contente! Embora eu haja caído do scooter (veículo triciclo, tipo
motinha, movido à bateria) e fraturado o fêmur, o que valeu o implante
de uma haste intramedular (de 34cm), numa cirurgia feliz, sem nenhuma
intercorrência, estou ótima! Agora, mais armada! Seis meses em casa,
suficientes para, também, banir-me dos resquícios de uma LER, além de
um excelente exercício da paciência. Um descanso merecido. Já voltei às
minhas atividades no Tribunal. Os meus exames estão ótimos! Isso,
graças à Auto-hemoterapia. Gripes, infecções..... nem me lembro mais de
quando as tive! A Auto-hemoterapia é minha companheira há cinco anos. E
a será até o fim de meus dias, uma vez que precisa ser repetida sempre
para conservar a defesa de prontidão. Bem, a Auto-hemoterapia tem um
auxiliar que não posso esquecer: o CLORETO DE MAGNÉSIO! E assim, quanto
eu tiver que partir, seguirei inteiríssima! Quantas comprovações da
eficácia da Auto-hemoterapia, aqui mesmo, no rodapé deste artigo! Quem
detém o poder massacra, procrastina, impedindo a sua liberação! Que
pena! Tudo, em nome do quarto poder e dos cifrões do corporativismo.
Genaura Tormin". Texto completo, seguido de 1291 comentários, em
http://www.recantodasletras.com.br/artigos/387723

mais sobre mim
Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
14
15
16

17
18
19
20
23

24
29
30

31


pesquisar neste blog
 
Visitantes
subscrever feeds
blogs SAPO